Tribunal sedia oficina sobre Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Bymariana.oliveira

Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) sediou hoje, 04/06/2019, na Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo, uma oficina prática de aperfeiçoamento para gestores públicos e de instituições civis que busca alinhar as prestações de contas públicas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Belo Horizonte, é a quarta cidade do Brasil a receber a oficina, que é promovida pelo Grupo de Trabalho Agenda 2030 e conta com o apoio do Instituto Rui Barbosa.

A diretora da Escola de Contas e Capacitação, Naila Garcia Mourthé, abriu a oficina e destacou que é preciso “olhar para essa agenda que se coloca internacionalmente e se compromissar com ações que impactem positivamente a vida de todos”. Em seguida, a assessora de Projetos Institucionais da ONG Gestos, uma das organizações co-fundadoras e co-facilitadoras de um Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para implementar a Agenda 2030, discorreu sobre a importância do assunto e ressaltou que é necessário “que o Estado, a sociedade civil e a iniciativa privada” se unam para que esses objetivos sejam atingidos.

O analista de Controle Externo do Tribunal de Contas do Paraná e assessor da Presidência do Instituto Rui Barbosa, Nelson Nei Granato, abriu os trabalhos técnicos do dia falando sobre Objetivos do Desenvolvimento Sustentável Agenda 2030 – Política no Brasil e os Objetivos Sustentáveis. A oficina faz parte de uma série de 10 eventos que o Grupo de Trabalho da Agenda 2030 vai realizar em diversas outras cidades do país até agosto de 2019 e pretende contribuir para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), conjunto de 17 ações definidas em conjunto por 193 países na ONU, em 2015. 

A da ONG Gestos e o analista do TCE-PR (Foto: Fred LaRocca)

Thiago Rios Gomes / Coordenadoria de Jornalismo e Redação

mariana.oliveira administrator

X