Belo Horizonte encerra segunda rodada de encontros técnicos do TCEMG

Bymariana.oliveira

Prefeitos, presidentes de câmaras e servidores municipais participam hoje, (27/10), no auditório Vivaldi Moreira, do encerramento da série de encontros técnicos do TCEMG realizados nas macrorregionais do Estado de Minas Gerais. Ao todo, os técnicos do Tribunal percorreram as regiões do Jequitinhonha, Rio Doce e Mucuri; Sul e Sudoeste; Zona da Mata e Campos das Vertentes; Norte; Noroeste e regiões Central, Oeste e Metropolitana de BH.[leia mais] Belo Horizonte, capital do Estado, encerra a segunda rodada de encontros técnicos com os municípios.

O VICE-PRESIDENTE DO TCEMG, CLÁUDIO COUTO TERRÃO

O tema trabalhado nesta segunda rodada foi “Gestão orçamentária e responsabilidade fiscal”. O Vice-Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), Cláudio Couto Terrão, representando o Presidente Sebastião Helvecio, falou sobre sua satisfação em promover o encerramento dos encontros com um tema tão importante. “Para todos aqueles que trabalham e almejam a administração pública, a boa gestão orçamentária e responsabilidade fiscal é a concretização da prudência”, ressaltou. O Conselheiro lembrou que todos devem cuidar do que é público e não só do que é seu. “O que é de todos, parece que não é de ninguém. Temos que aprender um novo estado de pensar voltado para o altruísmo. Essa Casa é de todos vocês, é do povo mineiro. É a praça pública que todos devemos cuidar”, comparou.

O Coordenador da Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo, Gustavo Terra Elias, agradeceu aos conselheiros pelo apoio nos eventos e iniciou o ciclo de palestras de hoje com o tema Planejamento, Gestão e Fiscalização da Execução de Contratos Governamentais. “Nada melhor que concluirmos a nossa rodada de encontros com este tema para iniciarmos com a execução orçamentária”, ponderou. Para ele, toda despesa tem raiz na execução orçamentária. Por isso, é necessário que os gestores tenham uma visão mais holística, compreendendo que todas as etapas da administração pública estão ligadas umas nas outras.

Participaram também da solenidade de abertura, o Conselheiro decano do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, Wanderley Ávila; o Conselheiro Substituto, Hamilton Antônio Coelho; o Controlador-Geral de Belo Horizonte, José Maia, representando o Prefeito da capital, Márcio Lacerda; o Procurador-Geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, Daniel de Carvalho Guimarães; a Assessora de Economia da Associação Mineira de Municípios (AMM), Angélica Ferreti, representando o Presidente Antônio Júlio e a Diretora da Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo, Natália Araújo Ribeiro.

A servidora do TCEMG, Rita de Cássia Chió Serra, faz palestra na parte da tarde com o tema “Execução do Planejamento Orçamentário: “Programas, Projetos e Atividades no Orçamento”. Em seguida, o assunto “Instrumentos de Planejamento Orçamentário: Elaboração de LOA, LDO e PPA e a Abertura de Créditos Adicionais” é abordado pela palestrante Regina Lopes de Assis.

Amanhã, 28/10, Marcilio Melo abre o ciclo de palestras com o tema “A Importância da Correta Estimativa de Arrecadação e da Correta Previsão das Renúncias Fiscais para o Alcance das Metas Fiscais”. Em seguida, o tema “Metodologia da Avaliação da Gestão Pública” é abordado por Janaina de Andrade Evangelista. Encerrando a programação, Henrique de Paula Kleinsorge fala sobre “Responsabilidade na Execução Orçamentária: “Limites de Gastos com Pessoal”.

mariana.oliveira administrator

X