TCE vai ao município de Aimorés para apresentar programa de controle da Educação

Bymariana.oliveira

O município de Aimorés (Vale do Rio Doce) procurou o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) para receber treinamento e conhecer melhor o Programa Na Ponta do Lápis. O pedido aconteceu em um encontro técnico do TCEMG no município de Ipatinga (em 2019), após a secretária de educação aimoreense assistir a uma palestra da diretora de Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo do TCEMG Naila Mourthé. A partir daí uma equipe do TCEMG se deslocou, no dia 18 de fevereiro, até o município, que fica a cerca de 440 quilômetros da capital mineira, para levar, durante dois dias, o Programa Na Ponta do Lápis e falar para a comunidade escolar. O treinamento teve o apoio da Diretoria-geral do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais e foi ministrado pela funcionária Fabrícia de Oliveira Silva.

A secretária de educação de Aimorés, Madalena Patrício, contou sobre a orientação dada pela diretora Naila. “Ela falou com propriedade sobre a nossa função de gestores. É nossa obrigação sermos transparentes e mostrarmos onde foi aplicado os recursos”, ressaltou a secretária. Madalena classificou o Na Ponta do Lápis como “uma excelente ferramenta para democratizar a participação dos moradores e para auxiliar o gestor a aplicar os recursos de acordo com a necessidade de cada unidade escolar. ” Ela contou que o município de Aimorés possui 24 unidades escolares da rede municipal, sendo 10 escolas grandes, sete escolas do campo, seis endereços de educação infantil e um Proinfância (com inauguração marcada para o dia 28 de março). Além disso, Aimorés conta com nove unidades da rede estadual.

Madalena espera que com o programa e o aplicativo Na Ponta do Lápis implantados na cidade a comunidade escolar participe possibilitando um planejamento que atenda aos anseios da sociedade. “Com isso, conseguimos uma gestão democrática e participativa”, avaliou a secretária. Ela explicou que seguiu as orientações do TCEMG nos encontros técnicos em relação ao aplicativo e área do gestor, mas que não obteve o retorno que esperava. “Com a presença da equipe do TCEMG aqui pude perceber que pais, alunos e professores se mostraram mais interessados”.

Marcelo Marques, prefeito de Aimorés, disse estar muito feliz em fortalecer o programa Na Ponta do Lápis no município e do TCEMG ter ido até a comunidade escolar aimoreense. “Tenho certeza que iremos colher bons frutos iniciando esse programa, avançando em relação à infraestrutura, mobiliário, livros, kits escolares, dentre outros. A presença do Tribunal de Contas nos orientando para fazermos o melhor está sendo fantástica”, comemorou o prefeito.

A diretora da Escola de Contas do TCEMG, Naila Mourthé, disse estar muita satisfeita com a iniciativa do município. “É muito importante receber um gestor com o coração aberto solicitando a presença do Tribunal de Contas em sua cidade. Demonstra que ele quer fazer com que a estrutura do ensino melhore”, ponderou Naila.

O Programa Na Ponta do Lápis foi criado pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) em 2017. O Programa tem como objetivo fiscalizar a aplicação dos recursos públicos na área educacional e analisar a infraestrutura do ensino nas cidades. Além disso, busca aproximar a comunidade escolar dos gestores da educação pública buscando soluções para os problemas do cotidiano nas unidades de ensino.


Redação: Karina Camargos Coutinho | Coordenadoria de Jornalismo e Redação | Diretoria de Comunicação Social

mariana.oliveira administrator

X