TCE incentiva alunos de Pirapora a cuidar das escolas

Bymariana.oliveira

“O que importa é a preservação do que estamos usando, pois sem preservação aquilo não vai valer muita coisa no futuro”. Essa é a lição que Henrique Martins, do sexto ano do ensino fundamental, vai levar para casa e quer transmitir aos seus amigos da vizinhança, parentes e aos próprios pais. Henrique foi um dos 74 alunos da Escola Estadual Fernão Dias, em Pirapora, que receberam a visita do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, nesta quarta-feira (06/06), para ouvirem breves ensinamentos sobre cidadania, controle social e conservação do patrimônio público. 

Na opinião da estudante Emmilly dos Santos, a visita foi muito importante porque ela conheceu o Tribunal e aprendeu que eles mesmos podem ajudar a conservar e melhorar a sua escola. 

Com idades entre 10 e 11 anos, as crianças assistiram atentas a um vídeo com uma fábula que trata de forma lúdica o tema da corrupção e depois participaram com entusiasmo de um minidebate conduzido pela assessora da Presidência do TCE, Naila Mourthé, e pelo assessor da Diretoria-Geral, Paulo Vicente Guimarães Silva.

Além de tratarem de temas ligados à atuação do Tribunal, eles mostraram como se usa o aplicativo “Na Ponta do Lápis”, desenvolvido pelo Órgão, para auxiliar a fiscalização da Educação nas escolas públicas de Mina

 
Emmilly aprendeu que os próprios alunos podem ajudar a melhorar a escola

A comitiva do Tribunal apresentou as diversas opções que o aplicativo permite, como responder a questionários, enviar sugestões, fazer relatos e até fotografar problemas que encontrarem no local onde estudam. Os alunos também receberam material de divulgação e foram incentivados a contar para as pessoas como o aplicativo pode ajudar na melhoria do ensino público no Estado. 
 
Na quinta-feira (07/06), o Tribunal continua seu trabalho pedagógico com a abertura do “Encontro Técnico TCEMG e os Municípios: Educação, transparência e sustentabilidade da receita pública”. O evento conta com quase 400 inscritos, entre prefeitos, secretários municipais de educação, superintendentes regionais de ensino, diretores de escola, professores e demais integrantes da comunidade escolar.  

Junto aos alunos, a assessora do TCEMG Naila Mourthé refletiu sobre os problemas trazidos pela corrupção

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Luca Mendes, Diretoria de Comunicação Social
Fotos: Thiago Rios Gomes, Coordenadoria de Jornalismo e Redação

mariana.oliveira administrator

X