Municípios dos vales lotam encontro do TCE em Teófilo Otoni

Bymariana.oliveira

Mesmo com as incertezas e dificuldades provocadas pelo quarto dia de greve dos caminhoneiros nas rodovias do país, centenas de pessoas arriscaram a segurança do retorno às suas casas e compareceram nesta manhã de 24/5/2018 ao Encontro Técnico promovido pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) em Teófilo Otoni. O objetivo era um só: a capacitação. A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) foi o local escolhido para receber professores, diretores de escolas, secretários de educação, prefeitos, vereadores, presidentes de câmaras municipais, secretários municipais, servidores da área de educação, licitação e contratos, contadores, controladores internos, procuradores e chefes de gabinete da região. Ao todo, 350 pessoas lotaram o auditório da universidade teófilo-otonense.

 


A PROCURADORA DO MINISTÉRIO PÚBLICO JUNTO AO TRIBUNAL DE CONTAS, CRISTINA MELO, REPRESENTOU O PRESIDENTE DO TCEMG, CONSELHEIRO CLÁUDIO TERRÃO

A procuradora do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas, Cristina Melo, representou o presidente do TCEMG, conselheiro Cláudio Terrão, na abertura do evento. Ela explicou que o tema escolhido para os encontros técnicos de 2018 – educação, transparência e sustentabilidade da receita pública – é reflexo da intenção do Tribunal de Contas em incentivar uma política de dados abertos, fortalecer os controles interno e social e promover a eficiência da arrecadação tributária por meio das auditorias de receita. 


Sobre a educação, Cristina Melo reforçou que o TCEMG quer também divulgar o trabalho inédito desenvolvido pela Corte de Contas que consiste em “voltar os olhos para a qualidade do gasto educacional, isto é, se o dinheiro público empregado na educação, nas ações e manutenção do ensino, está sendo bem gasto e gerando uma educação de qualidade para todos”. Teófilo Otoni é a quarta cidade que recebe a caravana de técnicos do Tribunal de Contas que irão fazer palestras e orientar os participantes sobre os sistemas e programas do TCEMG hoje (24/5) e amanhã (25/5).
 

Daniel Sucupira, prefeito de Teófilo Otoni

DANIEL SUCUPIRA, PREFEITO DE TEÓFILO OTONI

O prefeito da cidade, Daniel Sucupira, defendeu a importância da transparência e disse que a situação atual da educação é resultado de uma construção histórica da falta de investimentos. “Os números da educação não podem ser somente dos secretários de educação, só do prefeito. Este compartilhamento tem que acontecer para que juntos possamos buscar saídas para enfrentar os principais problemas que nós temos”. 


O presidente da Câmara de Teófilo Otoni, vereador Fábio Lemes, agradeceu ao Tribunal pela escolha da cidade para “este estudo e qualificação na área de educação”. 
 
 
 
Vereador Fábio Lemes, presidente da Câmara de Teófilo Otoni

VEREADOR FÁBIO LEMES, PRESIDENTE DA CÂMARA DE TEÓFILO OTONI

Compuseram também a mesa de honra: o professor Márcio Santos, representando a reitoria da UFVJM; a diretora educacional da 37ª Superintendência Regional de Ensino, Maria Helena Salim; o secretário de educação da cidade, Marcos José Godinho; a analista do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Deborah Constantino; o gerente administrativo da Associação dos Municípios do Vale do Mucuri (AMVM), Dival Gomes e a coordenadora da Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo do TCEMG, Cristina Montenegro.


Pela manhã, o assessor da Presidência Pedro Azevedo apresentou a palestra “Transparência na Educação ou Educação para a transparência?”. E a também assessora Naila Mourthé falou sobre “Projeto Na Ponta do Lápis: avanços na fiscalização da Educação”.
 
Redação de Karina Coutinho com fotos de João Cerqueira
De Téofilo Otoni

mariana.oliveira administrator

X