IRB promove Encontro dos Tribunais de Contas de Língua Portuguesa no TCEMG

Bymariana.oliveira

O Instituto Rui Barbosa – IRB abriu, nesta segunda-feira, 01 de setembro, o I Encontro dos Tribunais de Contas de Língua Portuguesa para Desenvolvimento e Educação, no Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais – TCEMG. O evento, realizado no mais novo auditório da Escola de Contas e Capacitação Prof. Pedro Aleixo, recebeu representantes dos tribunais de contas de Moçambique e Timor Leste, além de representantes dos TC’s da Bahia, Macapá, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e servidores do TCEMG.[leia mais]

 O Vice-Presidente do TCEMG e Presidente do IRB, Conselheiro Sebastião Helvecio, abriu oficialmente o Encontro agradecendo a presença de todos os inscritos. Durante a abertura, o Conselheiro falou da importância da valorização do servidor público por meio do seu desempenho dentro das instituições. “Essas políticas que tratam das pessoas têm uma relevância muito grande para a administração pública no Brasil. Minas Gerais tem tido, na última década especialmente, uma preocupação em fazer um ajuste para dimensionar o desempenho para os seus servidores, e ao mesmo tempo dar uma oportunidade para que ele busque a capacitação”, comentou. Sebastião Helvecio enfatizou que, se não houver uma diretriz que faça esse tratamento, não tem como ser feita uma avaliação. “Na minha experiência com política pública talvez essa seja a maior dificuldade, você poder avaliar e monitorar de uma maneira mais científica” e citou a frase “a maior riqueza de uma organização são as pessoas que nela trabalham”.

Na sequência, a Secretária de Estado de Planejamento e Gestão do Governo de Minas Gerais (SEPLAG), Renata Vilhena abriu a série de palestras com uma aula magna sobre Planejamento Organizacional destacando a experiência do governo de Minas e explicando como a política de desenvolvimento de pessoas esta inserida no planejamento institucional. Durante a palestra enfatizou que “a visão contemporânea dos Tribunais de Contas em relação à execução das políticas públicas é de fundamental importância”. A Secretária parabenizou, ainda, a iniciativa do IRB em trazer os países de língua portuguesa. “É muito importante passarmos o nosso conhecimento e contribuir com nossos irmãos de língua”, comentou.

Em seguida, a Diretora da Escola de Contas do TCEMG, Natália Araújo pediu que presentes compartilhassem suas experiências, de onde vieram e quais são as expectativas para estes cinco dias de evento. “Nós temos algumas experiências exitosas, outras nem tanto assim, e a ideia dessa semana é que, nós possamos nos encontrar nas nossas dificuldades e ver, nas histórias uns dos outros, soluções e caminhos pra seguirmos adiante“ finalizou, passando a palavra ao Juiz Conselheiro do Tribunal Administrativo de Moçambique, Januário Guibunda.

Durante a parte da tarde, a Assessora de Planejamento Joelma Conceição e o servidor Sérgio Augusto Martins do TCEMG proferiram palestra sobre Planejamento Organizacional e Gestão de Projetos. A Gerente do Quali – Escritório de Processos do TCEMG, Sandra Rodrigues de Carvalho, fechou as palestras do dia compartilhando suas experiências na área de processos. Todo o material apresentado durante as palestras será disponibilizado no portal do IRB.

Também esteve presente na abertura do evento Encontro dos Tribunais de Contas de Língua Portuguesa o representante da Câmara de Contas do Timor Leste, Agapito Soares Santos; a Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Macapá, Conselheira Maria Elizabeth Cavalcante de Azevedo; o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, Luiz Roberto Herbst; o Conselheiro Substituto do Tribunal de Contas do Estado do Amapá, Antônio Wanderler Colares Tavora.

O Encontro

Com previsão de atividades teóricas e práticas, o objetivo deste encontro é o intercâmbio de experiências em busca da modernização e do aperfeiçoamento dos órgãos de fiscalização. Em cumprimento à sua missão de difundir conhecimentos e experiências para desenvolvimento e integração dos Tribunais de Contas, o IRB propõe esta ação de capacitação após o diagnóstico da qualidade e agilidade dos Tribunais de Contas brasileiros, realizado pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil – ATRICON, e o trabalho do SAI-PMF ocorrido, em maio deste ano, na sede do Tribunal de Contas de Minas Gerais.

Os participantes poderão debater nas áreas de gestão estratégica, pessoal e educacional a fim de intercambiar experiências e conhecer técnicas e práticas para um controle externo efetivo. O evento acontece até a próxima sexta-feira no auditório da Escola de Contas e Capacitação Prof. Pedro Aleixo, no TCEMG. Para acessar a programação, clique AQUI.

mariana.oliveira administrator

X