Colaboração entre escolas e o Tribunal mineiro ganha destaque em palestra da AMM

Bymariana.oliveira

“Um galo sozinho não tece uma manhã: ele precisará sempre de outros galos.” Com as palavras do poeta pernambucano, João Cabral de Melo Neto, a servidora do Tribunal de Contas de Minas Gerais, Júnia Lacerda, finalizou a participação no evento “AMM nos Municípios – Encontro nas Macrorregiões”, realizado na cidade de Guidoval, Zona da Mata mineira, no dia 22 de setembro, sexta-feira. Representando o TCE de Minas Gerais, Júnia participou da abertura do encontro e fez uma palestra, na parte da tarde, sobre o projeto Na Ponta do Lápis e destacou a importância da parceria entre as escolas públicas com a Corte de Contas, cada um com seu papel.

O presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, abriu os trabalhos, destacando que o projeto não tem uma vocação político-eleitoral, mas sim é um campo político-institucional, de ação e capacitação. “Claro que debateremos política, mas não queremos demandas eleitorais, queremos fortalecer o movimento municipalista. O nosso objetivo não é partido e sim o municipalismo, e estamos somando forças para isso, esse é o nosso propósito, nos unir”, esclareceu.

Júnia Lacerda destacou a valorização dos profissionais da educação e fez um comparativo com dados da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), da qual o Brasil não é membro. Segundo a instituição de origem europeia, o Brasil investe, por ano, cerca de R$40 mil em um professor contra R$92 mil empregados na mesma área em países como Alemanha e Austrália.
A servidora falou sobre a atuação do TCE no controle externo e a atenção que tem dado à educação. Júnia ressaltou ainda que a ideia do projeto surgiu com a aprovação de 19 diretrizes de controle externo referenteas à temática da educação – aplicação dos recursos públicos na despesa com educação por meio da Resolução 03/15, perseguindo os cumprimentos das diretrizes, metas e estratégias do Programa Nacional de Educação (PNE) 2014/2024.

O “AMM nos municípios” já é um marco nas agendas das cidades mineiras, pela troca de experiências e debate entre os gestores públicos e pela capacitação técnica feita para os servidores. Em Guidoval, participaram cerca de 400 pessoas, entre elas 49 prefeitos e 47 vereadores, além de deputados estaduais e federais, autoridades da região e centenas de agentes públicos.


Fred La Rocca/ Coordenadoria de Jornalismo e Redação

mariana.oliveira administrator

X