Novos servidores repassam conhecimentos sobre indicadores de gestão pública

Bymariana.oliveira

Em apresentação realizada na manhã dessa quarta-feira (19/6/2019), no auditório Conselheiro Simão Pedro da Escola de Contas e Capacitação Professor Pedro Aleixo, quatro analistas de controle externo, recém-empossados, do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) repassaram “conhecimentos adquiridos” em reunião da Rede Nacional de Indicadores Públicos (Rede Indicon). A reunião da rede de técnicos de tribunais de contas de todo o Brasil aconteceu em São Paulo, na Escola de Contas do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), nos dias 23 e 24 de maio.

Os novos analistas do TCE de Minas Gerais falaram para colegas da área técnica sobre o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) e o Índice de Efetividade da Gestão Estadual (IEGE) no contexto de Minas, com base em experiências de outros tribunais de contas, debatidas na reunião da Indicon.

Pelo TCEMG falaram os economistas Fernando Duca, lotado na Superintendência de Controle Externo, e Marcela Rodrigues da Cunha, lotada na Diretoria de Controle Externo do Estado (DCEE); e também o administrador Jonatas Pereira, lotado na Diretoria de Controle Externo dos municípios (DCEM). O economista Rafael Gama, lotado na Diretoria de Controle Externo do Estado (DCEE), não foi à reunião da Rede Indicon, mas também repassou seus conhecimentos sobre o tema IEGE aos participantes.

Foto: Karina Camargos Coutinho - Clique para ampliar

Rede Indicon

A Rede Indicon tem como finalidade compartilhar instrumentos de medição do desempenho da gestão pública brasileira, boas práticas e o conhecimento por eles adquirido na avaliação da gestão pública, além de auxiliar e subsidiar a ação fiscalizatória exercida pelo controle externo. A rede foi formada em decorrência do Acordo de Cooperação Técnica e Operacional IRB/TCE-SP/TCE-MG nº. 01/2016

A ideia do IEGM nasceu no Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) em 2014. No ano seguinte, a sua expansão começou no Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG). Atualmente, todos os tribunais de contas que fiscalizam municípios aplicam e utilizam o IEGM, que é um instrumento de fiscalização para mensurar o nível dos municípios na implantação de processos relacionados às políticas públicas que estão sob sua responsabilidade. Em relação ao IEGE, ele ainda está em processo de implantação em todo o Brasil.

Cada Tribunal de Contas mantém uma equipe de técnicos responsáveis pela aplicação e utilização desses indicadores. Regularmente esses técnicos se reúnem para discutir os rumos desse trabalho em nível nacional.


Por Karina Camargos Coutinho | Texto e fotos |  Coordenadoria de Jornalismo e Redação

mariana.oliveira administrator

X